-

Como contratar funcionário temporário? Veja algumas dicas

como contratar funcionario temporario

Pessoal, uma dica para quem quer saber como contratar funcionário temporário agora no final do ano e também pro carnaval do ano que vem. Fazer acordos diretamente com os profissionais é um erro que pode resultar em reclamações trabalhistas e autuação de autoridades.

A contratação de pessoal por tempo determinado deve ser realizada com a intermediação de uma agência especializada. Assim, há três partes envolvidas: a empresa interessada na mão de obra, a agência de trabalho temporário e o empregado recrutado por ela.

Outra parte importante é o vínculo entre o contratante e a agência, que é limitado a 90 dias e pode ser renovado por mais três meses, desde que seja o mesmo funcionário. Para que tudo corra bem e evitar problemas, verifique se a contratada está regularizada no Ministério do Trabalho (www.mte.gov.br).

A agência ficará responsável pela seleção do funcionário, registro dele no regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), pagamento de salário e benefícios como vale-transporte e alimentação e recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e da contribuição ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O cumprimento das obrigações deverá ser comprovado por documentação pertinente. Se desrespeitadas as normas trabalhistas, o empresário contratante também será responsabilizado. A agência deve ainda emitir nota fiscal de prestação de serviços.

Para a contratante, esse modelo elimina gastos com recrutamento e seleção e pagamento da multa do FGTS na dispensa sem justa causa. Também permite substituir mais facilmente o empregado caso não agrade, sem cumprimento de aviso prévio.

Lembre-se de que o trabalhador temporário precisa ser treinado. Oriente-o sobre suas tarefas já no primeiro dia e permita a ele acompanhar os efetivos até se ambientar.

Evite a informalidade e o contrato de boca, pois o barato sempre acaba saindo bem caro no final das contas.